sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

RELATÓRIO DO MAIS EDUCAÇÃO/2014

Direção: Cássio dos Santos Ribas, Edilson José Lopes.
Equipe Pedagógica: Maria de Fátima Pereira Vecchi.

Professoras: Geisa Maria Martins Mota Zulianeli; Claudete Couto, Verônica Castro de Carvalho; Rita de Cássia Maseti Montani: Aluizio Jamilo da Costa Pereira.
.


Neste ano de 2014, nós, professor/as do Projeto de Orientação de Estudos e Leitura – Mais Educação, do Colégio Estadual “Arthur de Azevedo”-EFMPN, propusemos incentivar a leitura, de forma lúdica e prazerosa, possibilitando assim a formação de leitores críticos e competentes.
Já sabíamos de antemão que a tarefa não seria nada fácil. Isso porque a mídia vem apresentando dados estatísticos que apontam que os estudantes não gostam e/ou não têm o hábito de ler por iniciativa própria. Porém, a leitura-prazer quando fomentada e planejada pelo professor, não só aproxima as crianças e/ou adolescentes dos livros, mas também os encanta com outros olhares. Isso é fato.
Pensando nisso, o projeto intitulado “O lúdico através da leitura-prazer visando os clássicos universais”, destacou-se por ações significativas e cativantes aos nossos alunos (as) para enfatizar a importância da leitura no contexto escolar, familiar e social. Para isso, inicialmente, uma aula prática de “receita de beijinhos” para contextualizarmos com a leitura e lhes demonstrar a importância associada ao prazer da leitura e, aos poucos, fomos introduzindo diversos outros gêneros e obras literárias.
Para despertar o gosto pela nossa literatura destacamos alguns escritores consagrados, tais como: Toquinho, Vinícius de Morais, Cecília Meireles, Manuel Bandeira, dentre outros. Nessa “práxis” evidenciamos a roda de leitura; a interpretação superficial, interpretativa e contextualizada, tanto na oralidade como na  escrita. Exploramos a estrutura temática verbal e não verbal e até a produção textual
Também, enfatizarmos o cuidado de se falar em público. Houve entusiasmo na contação de fábulas, contos de fadas e lendas, inclusive culminando com a dramatização da obra adaptada “O Mágico de Oz”.
Entretanto, no transcorrer do ano, algumas iniciativas relevantes e interdisciplinares foram necessárias para motivar e mobilizar novos leitores. Primeiramente, propiciamos visitas à biblioteca do colégio, onde os envolvidos questionaram pela necessidade de melhoria do acervo e adequação das instalações. Diante disso, encaminhamos uma solicitação de compra de obras de obras literárias à direção da escola.
Para um encontro multidisciplinar levamos os alunos à Exposição da Expoingá onde visitaram estandes e parque de diversões. Promovemos, ainda, um Piquenique Literário na Lagoa Prateada de nosso município e uma Gincana Literária “Gincothur” no Teatro Banestado da cidade e com direto à torta na cara. É importante dizer que os alunos eram constantemente visitados em suas salas de aula para que participassem do nosso projeto.
No mês de outubro fomos convidados a visitar à 1ª Festa Literária de Maringá-FLIM, no dia 21de outubro, no qual nossa amiga/colega de faculdade, a Vera Margutti para o lançamento de Franguinha Riscadinha, além de coautoria de outras obras. E, nesse mesmo dia, todos nós tivemos a chance de encontrar o escritor Ziraldo, inicialmente no Bate-papo no Salão de Eventos no Parque do Japão e, posteriormente, no período vespertino, um encontro inesperado após o lançamento de livros quando tivemos a oportunidade de conversar e abraçá-lo. Foi emocionante ficarmos frente a frente com o carismático e humilde escritor! Vale ressaltar, que os leitores compraram livros, assistiram teatro na feira e, ainda, fomos ao Shopping passeando pelas praças de alimentação e sala de jogos.
Outra situação contagiante foi à visita ao Museu Histórico, o Planetário e assistiram ao filme em cartaz no Catuaí de Londrina. O mais gratificante foi ver os alunos comprando livros e gibis do Naruto.
Por fim, os alunos da Mais Educação, de forma interdisciplinar, puderam ensaiar e apresentar a peça teatral inspirada da obra Flicts, de Ziraldo - adaptação em português e inglês. A mesma foi escrita em 2010 por Rodrigo Ramos Anunciação & Silvana Michele da Silva (atualmente concluintes do 3º ano do Ensino Médio), tendo como direção da Profa. Rosângela Aparecida Bombarda Barradas e coordenada por mim, Geisa Maria Martins Mota e apoio da Profa. Geane Poteriko do curso de Mídias.
Diante de tantas ações expostas, podemos concluir que atingimos o nosso objetivo enquanto escola e envolvimento dos alunos. Foram muitos alunos envolvidos nesse processo, os quais tiveram a oportunidade de demonstrar sua autonomia e criticidade. É imprescindível destacarmos a superação, o desafio, o desatar de nós e medos de todos participantes, os quais sempre tiveram amparados e respaldo pelo apoio de seus pais ou responsáveis. Os alunos, não só frequentaram o período contraturno, mas também tiveram a possibilidade e permissão dos pais de viajar para outras localidades. Portanto, nossa proposta superou nossas expectativas.


“As políticas públicas deveriam focar a escola como o ambiente principal de formação de leitores, centrando os maiores investimentos na área educacional. Ainda cabe dizer que, no Brasil, a política da leitura é confundida com a política do livro, recebendo esta o maior quinhão de verbas (aquisição, distribuição, etc.), deixando os mediadores de leitura de fora do processo.”

(Prof. Ezequiel Theodoro da Silva – UNICAMP.

ANEXOS
Obs.: As fotos foram enviadas por e-mail à escola e escolhidas pela equipe escolar.

Projeto Mais Educação - Orientações de Estudos e Leitura

Conteúdos: Leitura, escrita e oralidade.
  • Gêneros textuais: Poema (poesia); música; fábulas; receitas; contos de fadas; HQ (história em quadrinhos; charges; parlendas; lendas; textos e vídeos midiáticos e blogs).
  • Interpretação de textos de diversos gêneros textuais;
  • Leitura de obras literárias;
  • Roda de leitura;
  • Dramatização;
  • Contação de historias;
  • Releitura de textos verbais e não verbais;
  • Declamação;
  • Visitas a exposições e estandes da expoingá;
  • Visitas a estandes literários e biblioteca;
  • Filmes (Bullying provocação sem limites)
  • Vídeos;
  • Gincana literária;
  • Visita à Festa Literária em Maringá (FLIM) e lançamento de livros de Vera Margutti;
  • Encontro com o escritor Ziraldo
  • Visita ao museu histórico;
  • Peça teatral;
  • Produção textual;
  • Cinema;
  • Apresentações culturais;
  • Interpretação de texto;
Objetivos

Provocar e formar leitores críticos e reflexivos através de diferentes estratégias de leituras para que possam ser capazes de interagir, interferir e modificar a realidade em seu próprio mundo e na sociedade em que eles estão inseridos.

Encaminhamentos metodológicos

Promover a interdisciplinaridade com as demais disciplinas afins; provocar o leitor não apenas encantamentos, mas também a descoberta de um mundo mágico; impulsionar condições e trilhar seus alunos para o inusitado caminho do saber elaborado; despertar o senso crítico com a utilização e confecção de recursos lúdicos e motivacionais; uso das TICs como ferramenta do ensino; usar estratégias inovadoras para valorizar escritores (as) e/ou poetas.

Resultados esperados

Aluno: espera-se que o estudante se torne mais autônomo, crítico e reflexivo diante desse mundo globalizado e que a leitura faça parte de sua rotina, não como obrigação e sim como uma leitura-prazer.

Escola: Oportunizar um ambiente mais prazeroso, onde o professor e aluno sejam agentes de transformação perante a comunidade. Diminuir a evasão escolar, estimulando e motivando os alunos nos aspectos cognitivos, afetivos e sociais. E assim. Melhorando os índices educacionais da instituição.

Comunidade: espera-se que a comunidade em geral possa valorizar os trabalhos realizados pelos alunos e professores através de atividades diversificadas por meio do projeto de leitura, apoiando e incentivando à presença e permanência do aluno no projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.